dia mundial da alimentacao

Saiba tudo sobre o Dia Mundial da Alimentação

Comemorado em 16 de outubro, dia mundial da alimentação é um momento para refletir sobre nutrição e segurança alimentar.

Redação

em 14 de outubro de 2022


Em 16 de outubro se celebra o Dia Mundial da Alimentação. Promovida pela Organização das Nações Unidas (ONU), a data é comemorada em 150 países, buscando refletir sobre todos os aspectos da nutrição das pessoas. Em outras palavras, é aquele dia em que todos devem parar e se perguntar: afinal, será que o prato da maioria do mundo está cheio?

A comemoração foi iniciada em 1981, para celebrar o dia da fundação da Food and Agriculture Organization (FAO), da ONU. Antes, o dia era voltado apenas para tratar sobre a fome, mas agora o Dia Mundial da Alimentação está ancorado em quatro pilares: melhor nutrição, melhor produção, melhor ambiente e melhor qualidade de vida.

Dia Mundial da Alimentação: alguns números preocupam

A cada ano, o dia conta com um lema, o de 2022 é: “Leave no one behind”, em português “não deixa ninguém para trás”. Esse lema leva em conta um dado crucial: 828 milhões de pessoas passam fome no mundo, de acordo com dados mais recentes, de 2021, da FAO. As projeções da ONU indicam que o número vai cair pouco até 2030, chegando a 660 milhões de pessoas. 

Além disso, no mundo, se calcula que 3 bilhões de pessoas (quase 40% da humanidade), vivem em insegurança alimentar. Ou seja, não conseguem ter acesso econômico, físico ou social a uma dieta saudável. De acordo com a FAO, mulheres tem 15% mais chance de passar por insegurança alimentar. Soma-se a esse os indicadores de portadores de anemia ou obesidade, duas doenças ligadas a uma nutrição com menor qualidade.

A FAO também aponta para os valores de desperdício alimentar. “Cerca de 14% dos alimentos que produzimos são perdidos, e 17% são desperdiçados, o que significa um custo de um trilhão de dólares para o ser humano, sem contar os preciosos recursos que vão para produzi-lo. Isso é impensável e inaceitável! Devemos transformar nossos sistemas agroalimentares para serem mais eficientes, resilientes, transparentes e sustentáveis”, disse o secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, em discurso no Dia Mundial da Alimentação em 2021. 

Revertendo a situação

No Dia Mundial da Alimentação, é importante pensar nos indicadores de insegurança alimentar, mas também falar sobre alimentação saudável, acessível, de qualidade, em quantidade suficiente e de modo permanente. Para tirar qualquer dúvida, a ONU levantou as seis principais características de uma alimentação saudável:

  1. Cultural 
  2. Colorida
  3. Acessível
  4. Harmônica
  5. Variada
  6. Segura

Para a ONU, existem formas de garantir que a população mundial tenha acesso a alimentação de qualidade, e a principal delas é transformar a cadeia de produção e suprimento de alimentos no mundo, tendo em conta o envolvimento de pequenos produtores e também o menor desperdício.

Diminuir o custo das comidas também é importante, diz a ONU, assim como garantir a variedade nutricional para a população. Nesse sentido, também cabe garantir os diferentes tipos de carne na dieta populacional. 

“Os incentivos devem, entre outros, estimular a diversificação da produção nos setores de alimentação e agricultura para alimentos nutritivos, incluindo frutas, hortaliças, leguminosas e sementes, bem como alimentos de origem animal e culturas biofortificadas, além de investimentos em inovação, pesquisa e extensão para aumentar a produtividade”, disse a FAO, em relatório

Pecuária e o Dia Mundial da Alimentação

Desenvolver uma pecuária sustentável e com escala é essencial para diminuir os índices de fome e de insegurança alimentar. Portanto, neste dia Mundial da Alimentação de 2022, é essencial não perder a chance de falar sobre a pecuária e como o ganho de produtividade do negócio abre portas para uma nutrição de qualidade para o mundo.